Entrevista de emprego com Samantha

Entrevista de Emprego da Samantha

Spartanos, este relato desta entrevista de emprego é real e será um prazer relatá-lo, pois foi uma delícia vivenciar esta experiência. Sou consumidor de Acompanhantes há uns 5 anos, assinante premium e sempre que sobra uma gordurinha a mais no mês, procuro dar uma relaxada com uma garota.

Me chamo Victor e sou da área de Marketing de uma agência de publicidade.

Meu trabalho quase sempre está voltado para criação ou coordenação do setor criativo da empresa. Como nerd assumido, vivo cercado por outros colegas de trabalho na mesma vibe.

Recentemente, a agência precisou de uma apresentadora para o projeto de um cliente, e como requisitos, boa aparência é claro, relativamente jovem entre seus 20 a 30 anos de idade, bom vocabulário, essas qualidades… Fui incubido de participar do processo seletivo.

Mas que raios? Já tenho agenda cheia, abarrotada de afazeres e ainda me jogam mais trampo nas costas. Mas porque o RH não cuida sozinho disto?

Porque você é o cara que vai coordenar os vídeos da apresentadora, ninguém melhor do que você para avaliar com maior eficácia se ela atende ou não os requisitos necessários.

Pois bem… Caro leitor, você já participou de um processo seletivo? É algo que te condena ao estresse, você não perde muito tempo, perde toneladas de horas, são muitas candidatas sem o menor perfil adequado, mas que buscam algo e omitem certas faltas de conhecimento em determinadas áreas.

“Você precisa de alguém como eu!”

Mas… por obra do destino, recebi um email peculiar. Uma moça de 21 anos, muito gata, descolada, encaminha um email com o título: Você precisa de alguém como eu! E várias fotos da gata em anexo, algumas com roupa de banho.

Samantha, candidata a vaga na entrevista

 

Pensei deve ser alguma trollagem sei lá, ou spam… mas havia um número de contato. Não custa nada arriscar não é mesmo?

Vamos chamá-la aqui de Samantha. Trato de adicionar o número e chamá-la pelo whatsapp. Para meu espanto era ela mesma das fotos. Perguntei como havia conseguido meu contato?

Ela muito simpática me disse que um amigo meu havia comentado de uma vaga de emprego para uma apresentadora, num evento aqui em São Paulo.

Fiquei aliviado e ao mesmo tempo excitado, pois percebi que a parada era real e que de repente poderia ver essa gata maravilhosa de perto.

Começamos a trocar ideia pelo whatsapp, a respeito da vaga e me desabafei dizendo que estava sendo difícil encontrar um perfil adequado, que era preciso ser descolada, conhecimentos gerais culturalmente e não é que a Samantha possuía esse perfil.

Uma gatinha de 21 anos, que adora Led Zeppelin, que ama Tarantino, que assiste séries antigas como Friends, querendo ou não, é uma raridade nos dias de hoje.

Acabamos que ficamos o dia inteiro trocando figurinha e elogios… E a noite de casa também… Mas a noite acabamos nos descontraindo mais, falando sobre outras preferências tais como sexuais. Ela acabou falando do corpo dela que havia colocado silicone nos seios, e aproveitei o gancho, muito que descaradamente… Mas e aí? Como ficou? Duas amigas colocaram mas o resultado não foi como elas esperavam…

Quer ver Victor? Fiquei um instante paralisado e como quem diz… Claro! Adoraria!

Ainda estavam com os pontos, mas que belas mamas eram aquelas, meu pau já endureceu na hora, mas me contive e elogiei os novos seios, que eram muito lindos e tal, não poderia escrachar de cara e perder a chance de conhecê-la pessoalmente.

Ela disse quando vamos nos encontrar para a entrevista? Estou louca para conhecer o projeto. Me diz que amanhã você pode? Pleaseeeeeeeeeee???

Uma princesinha quase implorando para ir ao abate, rsrs

Fiz um charminho básico, dei uma risada, claro Sa… Ops, Samantha, me desculpa a intimidade… Preciso checar a agenda e ver se consigo um encaixe, mas prometo tentar ao máximo amanhã mesmo. Mal sabia ela que o ansioso da história era muito mais eu do que ela. E continuamos nosso papo gostoso ao telefone até quase 3h da manhã. Desligamos com a promessa de nos vermos no dia seguinte.

Desliguei e imediatamente tive que bater uma bela de uma punheta olhando as fotos daqueles seios e me imaginando chupando e apalpando tudo aquilo.

Dia seguinte, acordo e já disparo um bom dia e que logo daria uma resposta. Samantha rebate com um emoji apaixonado. Era meu lucky day!

Após o almoço confirmei que haveria disponibilidade somente lá pelas 17hs, pois tinha muitos afazeres e não conseguiria antes, mas minha intenção era deixar quanto mais pro final da tarde melhor, na chance de lhe oferecer uma carona.

A gata é de Guarulhos e fez o cálculo do trajeto até nosso escritório, levaria cerca de 1h30. Já estilinguei… Samantha, eu moro sentido ZL, fica caminho, se desejar posso passar por aí e te pegar, vamos a um café ou restaurante. Ela muito delicada e educada, mas não vai te atrapalhar? Claro que não… assim você não precisa fazer essa via sacra toda em pleno horário de pico.

Ela aceitou e disse: Nesse caso pode vir o horário que for melhor para você!

Uhuuuuuu, quase dei um pulo da cadeira de felicidade. Disse que talvez me atrasaria (propositalmente, rs) por conta do trânsito.

Batendo um pouco antes do horário, saí mais cedo do escritório e informei que iria a trabalho justamente para atender as necessidades do cliente na busca de sua vaga ofertada.

Chegando em Guarulhos, endereço no Waze e mando uma mensagem para Samantha, olha estou aqui embaixo já. Ela: Perdão, não terminei de me arrumar ainda, quero causar boa impressão, me dá 15 minutinhos. Fica tranquila Sa, aguardo o tempo que desejar, kkkkkkkk

“Ela veio exatamente como eu desejava para a entrevista, de vestido.”

Quase meia hora depois, avisto uma morena de vestido curto branco atravessando a avenida, meu Deus, que gata!!! E ela veio exatamente como eu desejava, de vestido.

Abro a porta do carro, ela toda perfumada e make básico, leve do jeito que eu gosto, beijinho no rosto, sorrimos… Ela perguntou: Estou bonita?  Tá maravilhosamente Linda! Eu estava muito ansiosa pra saber detalhes desta vaga pois acho que me encaixo no perfil que seu amigo me contou… Eu não resisti… E eu acho que a sua boca encaixa na minha!

Ela deu risada… Mas já? E me beijou devagar no canto da boca e sorriu!

Eu a puxei e beijei deliciosamente aquela boca gostosa. Um beijo doce, longo, molhadinho.

Vamos? Vamos! Pra onde iremos? Vai me conta logo os detalhes, tô ansiosa… Propositalmente é claro… eu disse primeiro preciso que você assine um termo de sigilo devido a questões pertinentes do cliente. Ela concordou e… Putzzzzz… acho que esqueci os termos no escritório, tenho tudo sobre o cliente aqui, menos o termo.

E não tem como você baixar pela nuvem? Descaradamente eu disse: Não… Só pelo escritório mesmo, mas eu devo ter em casa cópias deste termo. Ela sorriu maliciosamente e disse, você mora sozinho?

Sim!

Bora pra sua casa então, eu me recuso a voltar pra casa sem detalhes.

Era tudo que eu queria ouvir! rs

No caminho adiantei informações sobre o cliente e a vaga, e mãos dadas, fomos a caminho do meu apartamento na zona leste. Não conseguia disfarçar meu tesão no carro e ela dava umas olhadas disfarçadas no volume da minha rola dura.

Chegando ofereci uma bebida, guardei seu casaco e sentamos no sofá e ficamos conversando um pouco. Enquanto falávamos sobre o trabalho, uns beijinhos aqui e outros ali, as mãos querendo ir além, ela me brecando…

Preliminares com Samantha

 

Até que não resisti e dei aquele beijo de tirar o fôlego, mão descendo… entre suas coxas macias… até chegar na sua calcinha que já estava úmida…. Disse: Mas olha isso que delícia… Ela propositalmente abriu mais as pernas e pude puxar a calcinha de lado… que bucetinha meladinha… O mel quase escorria… Comecei a dedilhar, enquanto a beijava loucamente, ela começou a gemer, pediu mais um dedo… já estava rebolando o quadril de tesão com dois dedos na xota. Já fui sacando meu pau pra fora…

Não Victor, você não vai me comer hoje! Eu quase enfartei… rsrs…. Ela disse: Mas quem sabe ainda come?

Eu disse… Num faz isso comigo não segurando meu pau… ela riu, pegou e alisou… Deu um beijinho na ponta da cabeça do pau e… Tô com fome, vamos comer? Depois podemos voltar e continuar a ler o documento do seu cliente?

Era só um charminho, ela estava louca pra dar!

Rabão da entrevistada Samantha

 

Fomos jantar fora por ali mesmo, só pegação no caminho e ao voltar ao apartamento, ela já se dirigiu ao meu quarto, tirando o vestido… Aí deu uma cansadinha, podemos deitar e conversar na sua cama?

Já fui tirando a calça, deitei só de cueca e ali nos beijamos loucamente, ela estava usando um soutien especial devido ao pós-operatório e pediu que tivesse cuidado com seus seios.

Sacou minha rola da cueca e caiu como se fosse uma garota de programa mamando meu caralho todinho, segurei ela pelos cabelos e mantive a cadência daquela boquinha…

Ela se deitou, arreganhou as pernas e disse: Quero ele aqui dentro dando uns tapinhas na xota, ahmmm mas na hora… Capa nele e senti aquela xana gulosa engolindo todo meu pau… ficamos no papai e mamãe por um tempo, pois ela disse que não poderia se mexer muito por causa dos seios, e eu louco pra fudê-la de quatro, quase implorei, ela: Tá bom, mas fode com carinho?

Como é foder com carinho? rsrs

Segurei aquele rabo empinado, uma cuspidinha e fui metendo devagar, só ritmando o vai e vém, ela pegou minha mão e fez dar um tapa na bunda… Ahmmmm, ela é dessas? Que gosta de uns tapas, comecei a estocar com força naquele rabo e dando-lhe uns tapas bem ardentes… ela gemiaaaa… Fode, fode minha buceta, fode gostoso, mete sem parar que ela tá adorando ser fudida… Não pude aguentar assim, enchi a camisinha de porra.

O belo curriculum da Samantha

 

Pedi desculpas por não ter segurado, ela relaxa gato… Daqui a pouco você vai me fuder mais, descansa um pouquinho.

Ficamos na cama, trocando carícias e falando sobre o emprego e o cliente, suas preferências, alisadinha nos peitos, mão na xota, pega no meu pau… Tesão de novo!

Fui para cima dela, beijando e esfregando a rola na xana dela, ela: Olhaaaaaa… bota a camisinha! Vou botar amor… E esfrega mais… Boca na boca… Bucetinha melada, ameaça, tira… Bota a cabecinha, ela gostando, gemendo… dei-lhe uma estocada de uma vez só…

Aiiiii Gato, tem que por camisinha… Agora já to aqui dentro putinha, quero sentir tua xota úmida e gostosa, a cada metida, ela gemia baixinho e fazia cara de choro, de quem tá levando surra de piroca e tá gostando… A Samantha era um tesão, que mulher era aquela, safada, cachorra e mexia o quadril enquanto eu fodia… Quando sentia que estava prestes a gozar, parava, rebolava o pau dentro dela, e ela pedia mais foda… Me come, filha puta, come tua vadia!

Come sua vadiaaaa… vou gozar na tua pica gostosa, roluda, ela deu aquela apertada e um grito abafado se contorcendo toda e piscando a xana no meu pau, não aguentei vou gozar Amor… Tira ele!!! Saquei o pau pra fora e inundei sua barriga jorrando aquela gozada memorável!!!

Ela: Que delíciaaaaaaa, me dá, me dá mais…. eu urrava de prazer!

Depois de gozados e satisfeitos, ficamos ali nos curtindo e contando coisas pessoais, naquela intimidade gostosa. Elogiei como ela metia e fodia gostoso e ela me confessou que chegou a trabalhar por pouco meses como Acompanhante de Luxo.

E adivinhem onde ela anunciou? kkkkkkkkkkkkkkkkk

Você conhece o Spartanas Acompanhantes?

Resumo, isso aconteceu há cerca de um mês, e a Samantha está entre as indicadas no processo seletivo, mas toda semana dou um jeito de ir fodê-la do jeito que ela gosta.

Quem sabe, ela não volta a ser Spartana? Uma fotinho dela aqui.

O Spartano

Publicitário workholic, carnívoro desde que nasceu, curte a vida a La Rock’n’Roll, pai e marido (infiel), suspeita que tenha algum tipo de problema vinculado a sexo, acorda de pau duro, fica duro no trabalho num simples rebolar de sua secretária piriguete e dorme duro, pois sua esposa não dá pra ele de noite! Ainda assim acredita no amor, mas principalmente nas GPs que são a salvação da humanidade masculina em tempos onde a DR é mais importante do que o sexo.