Fodi minha cliente - Spartanas Acompanhantes

Fodi minha cliente no dia do julgamento

Minha secretária havia me informado que tinha uma mulher na recepção esperando para conversar comigo. Já estava pronto pra sair pra almoçar, mais adiei para atender a tal mulher.

Pedi para minha secretária conduzir ela até minha sala.

Eis que entra aquela deusa. Uma loira alta, dos olhos azuis, cabelo batendo na bunda, um corpo escultural, seios pulando da blusa, bunda bem redondinha. Não dá pra descrever tamanha perfeição. Poucas mulheres haviam me chamado tanto a atenção como aquela mulher. Tive que me recompor e colocar meu profissionalismo em campo. Ela me desconcentrava, mas precisava me manter atento a cada palavra que saia daquela boquinha linda e perfeita.

Fodi minha cliente - Spartanas Acompanhantes

Ela estava desesperada, pois queria processar seu ex marido que havia agredido ela, pois desconfiava que ela era uma acompanhante de luxo. Fiquei chocado com aquele relato: a única surra que eu imaginava ela levando, era a surra de pau que eu fiquei maluco pra dar nela. Tentei me concentrar, mais era tão difícil ver aquele monumento na minha frente e agir como se não tivesse sentindo nada.

Conversamos e é claro que aceitei trabalhar o caso dela. Precisava de alguma forma ficar próximo a ela. Aquela mulher tinha algo que mexia comigo completamente. Aquele olhar dela, meu Deus, que vontade que eu estava de comer ela, mas tinha que me conter.

Os dias foram se passando e eu estava cada dia mais louco por aquela mulher. Confesso, que por diversas vezes marquei reuniões desnecessárias com ela, só pra ter o prazer de ver aquela gostosa desfilando na minha frente.

Chegou o dia tão esperado para ela: o dia do julgamento. Estava meio triste, pois sabia que depois daquele dia, aquela gostosa já não daria o ar da graça na minha vida.

Chegamos com 2 horas de antecedência no tribunal. Ela estava bastante nervosa. Vestia um vestido vermelho, muito sexy. O cabelo estava preso a um coque e ela usava um óculos. Ela estava parecendo uma secretária de filme porno e ver ela daquele jeito só atiçava ainda mais a minha imaginação. Por um momento, cheguei a cogitar de que ela realmente seria uma acompanhante.

Sentamos para tomar um café e era impossível não reparar naquele decote belíssimo. Como ela era maravilhosa.

Disse a ela que precisava ir até o banheiro e ela me olhou com uma carinha de safada. Pela primeira vez, eu tive a impressão de que se desse alguma investida, comeria aquela gostosa.

Fui no banheiro. O tribunal estava bem mais vazio que o normal. Tínhamos 1 hora e meia ainda até a hora do julgamento.

Sai do banheiro e fui em direção a pia para lavar as mãos. Até que a porta se abre e meus olhos não podiam acreditar no que via. A minha cliente linda e gostosa entrando lá. Ela disse que havia se perdido e entrou no banheiro errado, mas só pela cara dela, eu sabia que aquele erro havia sido proposital.

“Desculpa, acho que confundi os banheiros. Não era minha intenção te constranger.”

“Não tem problema, erros acontecem. O tribunal está vazio, então não tem problema esse erro hoje.”

Disse aquilo já imaginando tanta coisa, minha cabeça já estava descontrolada, imaginando comendo ela ali mesmo.

Ela veio se aproximando, trancou a porta do banheiro e disse que usaria aquele mesmo. Fez questão de abaixar a calcinha na minha frente e eu já não conseguia mais me controlar. Meu pau estava tão duro, ela já tinha percebido o quanto eu estava excitado. Ela foi aos poucos se aproximando de mim e começou a passar a me olhar com um olhar de ninfeta safada, de quem quer rola.

“Doutor, eu sei que é errado e até inconveniente, mas desde o dia que te vi eu fiquei com uma vontade maluca de transar com você. Talvez esse não seja o dia nem o local apropriado para isso, mas precisava te contar.”

Aquilo era a porta que eu precisava que fosse aberta para começar aquilo que há tempos eu vinha querendo.

Mal esperei ela terminar de falar, joguei ela sobre a pia do banheiro e passei a chupar aquela bucetinha rosinha com bastante vontade.

Fodi minha cliente - Spartanas Acompanhantes

Ela se contorcia inteira e gemia feito uma putinha. Estava sedenta. Chupava a bucetinha e colocava um dedinho lá dentro. Ela estava maluca de tanto tesão. Toda molhadinha. Retribuiu aquele oral com um boquete maravilhoso. Que boca gostosa, aquela mulher era sensacional. Ela chupava meu pau, deslizava ele inteiro pela boca e massageava minhas bolas. Eu estava pirando de tanto tesão. Coloquei ela de quatro e passei a fuder ela por várias vezes.

Aquela bunda gostosa empinada pra mim era coisa de outro mundo. Ela gemia como uma puta, chupava como uma puta, me olhava como uma puta. Nunca tinha transado com alguém que tinha tanto fogo, tanta vontade. Ela agia como se realmente tivesse experiência em sexo, como uma garota de programa.

Fodi minha cliente - Spartanas Acompanhantes

Gozei tanto naquela boquinha, naquela bucetinha. Até aquele cuzinho maravilhoso ela me deu, sem frescura nenhuma. Fodia ela com tanta intensidade, minha vontade era de não parar mais.

Ficamos quase uma hora ali naquela putaria deliciosa. Quase perdemos a hora do julgamento.

Estava tão inspirado depois daquela foda deliciosa, que aquilo me ajudou a ganhar a causa pra gostosa.

Como agradecimento, ela me arrastou para o carro dela após a audiência e fudemos por horas ali.

Fodi minha cliente - Spartanas Acompanhantes

Depois daquele dia, nossos encontros sexuais passaram a ser frequentes. Cada vez mais eu precisava daquela bucetinha gostosa quicando na minha rola. Começamos a namorar e hoje somos casados. Ela sem dúvidas, foi e é a minha melhor transa. Além de linda, gostosa e bem puta na cama, é a mulher que escolhi passar a vida. Eu jamais imaginaria que o banheiro vazio de um tribunal fosse trazer pra minha vida a mulher mais gostosa e safada que já conheci.

O Spartano

Publicitário workholic, carnívoro desde que nasceu, curte a vida a La Rock’n’Roll, pai e marido (infiel), suspeita que tenha algum tipo de problema vinculado a sexo, acorda de pau duro, fica duro no trabalho num simples rebolar de sua secretária piriguete e dorme duro, pois sua esposa não dá pra ele de noite! Ainda assim acredita no amor, mas principalmente nas GPs que são a salvação da humanidade masculina em tempos onde a DR é mais importante do que o sexo.