Fetiche da chuva dourada

O Fetiche da Chuva Dourada

Saudações Spartanos e Acompanhantes. Quem aqui já praticou o fetiche da chuva dourada?

Acredito que a grande maioria dos nossos leitores já sabem o que se trata. Mas para os navegantes de primeira viagem e que desejam iniciar esta prática sexual, vou detalhar alguns pontos.

Mija em mim?

Fetiche da chuva dourada

Perdoe-me o termo chulo e escrachado, mas ao pé da letra é mais ou menos isso! A chuva dourada é uma prática sexual parecida com um cult movie, ame ou odeie.

Um fetiche considerado um tanto incomum, mas que vem ganhando cada vez mais praticantes fiéis do ato de urinar sobre seu parceiro (a). Exatamente, fazer “xixi” sobre a outra pessoa, cientificamente conhecido como urofilia.

Para quem nunca ouviu falar… À princípio pode parecer nojento, mas há quem diga que é extremamente excitante! Meus amigos, se até o cantor Ricky Martin se confessou publicamente adepto da prática, a coisa não deve ser ruim como parece de impacto.

Saia da Rotina

Saia da rotina, se deixe vivenciar novas experiências, pois o máximo que pode acontecer entre o casal é um dos dois talvez não curtir a brincadeira e neste caso, ser sincero. Mas antes vale a pena bater um papo a respeito e determinar os limites do PLAY!

Em caso da sua parceira não topar de forma alguma, e ser um desejo que você quer realizar de qualquer forma, muitas garot’as de programa podem atender seu fetiche.

Para o casal que deseja provar essa brincadeira seguem algumas dicas bem bacanas para esta prática que pode ser extremamente prazerosa.

Local

Motel: Talvez você não queira deixar sua cama mijada (mas lembre-se que você fazia xixi nela quando era pequeno e mamãe apenas virava o colchão depois de deixá-lo um tempo ao sol), sendo assim, você pode optar por fazer a prática num Motel. Os motéis devem estar me odiando pela dica neste exato instante! ;-(

Banheiro: Afinal lugar de fazer xixi é no banheiro não é mesmo?! Porém de uma forma muito mais criativa e excitante. Que tal se sentar no vaso e pedir pra ela sentar no teu colinho, muitos beijos, amassos e carícias e de repente você sente aquele jatinho quente e dourado escorrendo… Gostou neh? Aliás se ambos combinarem e estiverem com vontade de urinar… O Play pode ser mais interessante ainda, se é que vocês me entendem!

Chuveirinho: O nome da brincadeira já é chuva dourada, e se adicionar o chuveirinho agrega? Sim, e muito! Você pode deixar a água escorrendo numa temperatura morna pra frio, nesse calor de Fevereiro acredito que todos preferem pra frio, e que tal você se deitar no chão do box ou sentado mesmo e ela se posicionar bem safada à sua frente? Basta pedir… Mas tem que pedir com aquela vontade louca de tesão, garanto que ela não vai te negar um jato bem gostoso. Vai de você pedir no corpo ou no rosto, ou em ambos, afinal que o serviço seja completo não é mesmo?

Aos mais Ousados

O céu é o limite? Então para os mais pervertidos e safadinhos, que tal beber a urina dela ou dele? Aqui vale ela urinar diretamente na sua boca, se posicione debaixo dela e peça para que ela fique de cócoras sobre a altura do seu rosto ou pescoço. Basta ela direcionar o jato na sua boca e ir alternando no rosto, afinal, se ela estiver com uma grande quantidade de urina, você corre o risco de se afogar nela. Brincadeiras à parte, o lance pode ser bastante excitante se vocês tem total intimidade um com o outro e não tem o tal do “nojinho”.

Dominação e Submissão

O lance pode ficar mais excitante também para os casais que curtem um certo grau de dominação e ou submissão, xingamentos, tapas, apertões e afins, junto a um jato farto de urina podem dar a sensação de dominar para quem está urinando e de submissão para aquele que recebe a urina. Como dizem, aqui o “baguio” fica louco mano!

Na Penetração

Agora se ela ou você conseguir urinar durante o ato da penetração, a sensação de prazer é indescritível, imagine aquele vai e vem gostoso, aquela rebolada dela no seu pau, e você está prestes a gozar ela começa a soltar o jatinho quente, é como um banho dos Deuses, inevitável você atingir o clímax. Ou após o orgasmo, sentir uma banho quente de relaxamento também pode ser muito gostoso.

Galera, o que vale lá no fundo, é ser feliz e realizado. Vale ressaltar os cuidados com a sua parceira(o), fixa ou não, que ambos estejam com os exames em dia. Evitar urinar em locais machucados com feridas ou cortes para evitar qualquer tipo de infecção. De resto, jogue seus receios de lado, o preconceito pra debaixo da cama e bora lá ser feliz.

E lembre-se! As acompanhantes de luxo do Spartanas saberão lidar com esse fetiche na maior naturalidade e com eficácia. Fica a dica.

Vou iniciar a prática com a minha mulher conforme as dicas relatadas acima, bom divertimento!

O Spartano

Publicitário workholic, carnívoro desde que nasceu, curte a vida a La Rock’n’Roll, pai e marido (infiel), suspeita que tenha algum tipo de problema vinculado a sexo, acorda de pau duro, fica duro no trabalho num simples rebolar de sua secretária piriguete e dorme duro, pois sua esposa não dá pra ele de noite! Ainda assim acredita no amor, mas principalmente nas GPs que são a salvação da humanidade masculina em tempos onde a DR é mais importante do que o sexo.