Fetiche da chuva dourada

O Fetiche da Chuva Dourada

Saudações Spartanos e Acompanhantes. Quem aqui já praticou o fetiche da chuva dourada?

Acredito que a grande maioria dos nossos leitores já sabem o que se trata. Mas para os navegantes de primeira viagem e que desejam iniciar esta prática sexual, vou detalhar alguns pontos.

Mija em mim?

Fetiche da chuva dourada

Perdoe-me o termo chulo e escrachado, mas ao pé da letra é mais ou menos isso! A chuva dourada é uma prática sexual parecida com um cult movie, ame ou odeie.

Um fetiche considerado um tanto incomum, mas que vem ganhando cada vez mais praticantes fiéis do ato de urinar sobre seu parceiro (a). Exatamente, fazer “xixi” sobre a outra pessoa, cientificamente conhecido como urofilia.

Para quem nunca ouviu falar… À princípio pode parecer nojento, mas há quem diga que é extremamente excitante! Meus amigos, se até o cantor Ricky Martin se confessou publicamente adepto da prática, a coisa não deve ser ruim como parece de impacto.

Saia da Rotina

Saia da rotina, se deixe vivenciar novas experiências, pois o máximo que pode acontecer entre o casal é um dos dois talvez não curtir a brincadeira e neste caso, ser sincero. Mas antes vale a pena bater um papo a respeito e determinar os limites do PLAY!

Em caso da sua parceira não topar de forma alguma, e ser um desejo que você quer realizar de qualquer forma, muitas garot’as de programa podem atender seu fetiche.

Para o casal que deseja provar essa brincadeira seguem algumas dicas bem bacanas para esta prática que pode ser extremamente prazerosa.

Local

Motel: Talvez você não queira deixar sua cama mijada (mas lembre-se que você fazia xixi nela quando era pequeno e mamãe apenas virava o colchão depois de deixá-lo um tempo ao sol), sendo assim, você pode optar por fazer a prática num Motel. Os motéis devem estar me odiando pela dica neste exato instante! ;-(

Banheiro: Afinal lugar de fazer xixi é no banheiro não é mesmo?! Porém de uma forma muito mais criativa e excitante. Que tal se sentar no vaso e pedir pra ela sentar no teu colinho, muitos beijos, amassos e carícias e de repente você sente aquele jatinho quente e dourado escorrendo… Gostou neh? Aliás se ambos combinarem e estiverem com vontade de urinar… O Play pode ser mais interessante ainda, se é que vocês me entendem!

Chuveirinho: O nome da brincadeira já é chuva dourada, e se adicionar o chuveirinho agrega? Sim, e muito! Você pode deixar a água escorrendo numa temperatura morna pra frio, nesse calor de Fevereiro acredito que todos preferem pra frio, e que tal você se deitar no chão do box ou sentado mesmo e ela se posicionar bem safada à sua frente? Basta pedir… Mas tem que pedir com aquela vontade louca de tesão, garanto que ela não vai te negar um jato bem gostoso. Vai de você pedir no corpo ou no rosto, ou em ambos, afinal que o serviço seja completo não é mesmo?

Aos mais Ousados

O céu é o limite? Então para os mais pervertidos e safadinhos, que tal beber a urina dela ou dele? Aqui vale ela urinar diretamente na sua boca, se posicione debaixo dela e peça para que ela fique de cócoras sobre a altura do seu rosto ou pescoço. Basta ela direcionar o jato na sua boca e ir alternando no rosto, afinal, se ela estiver com uma grande quantidade de urina, você corre o risco de se afogar nela. Brincadeiras à parte, o lance pode ser bastante excitante se vocês tem total intimidade um com o outro e não tem o tal do “nojinho”.

Dominação e Submissão

O lance pode ficar mais excitante também para os casais que curtem um certo grau de dominação e ou submissão, xingamentos, tapas, apertões e afins, junto a um jato farto de urina podem dar a sensação de dominar para quem está urinando e de submissão para aquele que recebe a urina. Como dizem, aqui o “baguio” fica louco mano!

Na Penetração

Agora se ela ou você conseguir urinar durante o ato da penetração, a sensação de prazer é indescritível, imagine aquele vai e vem gostoso, aquela rebolada dela no seu pau, e você está prestes a gozar ela começa a soltar o jatinho quente, é como um banho dos Deuses, inevitável você atingir o clímax. Ou após o orgasmo, sentir uma banho quente de relaxamento também pode ser muito gostoso.

Galera, o que vale lá no fundo, é ser feliz e realizado. Vale ressaltar os cuidados com a sua parceira(o), fixa ou não, que ambos estejam com os exames em dia. Evitar urinar em locais machucados com feridas ou cortes para evitar qualquer tipo de infecção. De resto, jogue seus receios de lado, o preconceito pra debaixo da cama e bora lá ser feliz.

E lembre-se! As acompanhantes de luxo do Spartanas saberão lidar com esse fetiche na maior naturalidade e com eficácia. Fica a dica.

Vou iniciar a prática com a minha mulher conforme as dicas relatadas acima, bom divertimento!

O Fetichismo no Mercado Sexual

Hoje em dia, o mercado sexual abrange um público dos mais variados gostos. Chamamos isso de fetiche. Mas, o que é fetiche? Em qualquer lugar você vai ver o fetiche sendo denominado como um culto exagerado por algo, veneração e mais uma centena de definições.

No sexo, o fetiche é visto como o desejo por uma determinada coisa. Seja posição, brinquedo, outras pessoas, enfim, fetiche sexual é tudo aquilo que só de pensar te desperta prazer, vontade, curiosidade.

Prazer sexual com fetiches

No mundo das acompanhantes é muito comum que as meninas atendam um público que tem os mais diversos tipos de fetiches. Seja fetiche por pés, fetiche por dominação, fetiche por uso de uma determinada fantasia ou lingerie, fetiche por sexo grupal, enfim, existe um mundo de possibilidades e fetiche é algo muito pessoal, que varia de pessoa para pessoa.

Hoje em dia existem até mesmo garotas de programas que trabalham apenas na realização desses fetiches, existem também sex shop que é todo voltado para o público fetichista.

A realidade é que dentro de si, cada um tem um determinado fetiche em algo. Algo que nunca fez ou que já fez e tem vontade de repetir.

Hoje em dia, fetiches são mais comuns do que imaginamos. É claro, que existem os que são considerados normais e até os mais bizarros. No mercado sexual, existe uma ampla gama de produtos, especialistas, lojas e afins que são todos voltados para o público que curte um fetiche.

Mercado Sexual - Acompanhantes de luxo

É importante frisar também que o seu fetiche não pode ser algo no qual você se sinta reprimido ou envergonhado em expor. Por isso existem lindas acompanhantes de luxo, que sem julgamentos, farão o melhor para a realização desse seu sonho sexual. Não existe limite para a imaginação e existem lindas garotas de programa que estarão sempre prontas para realizar aquele desejo sexual que você guarda a sete chaves.

Se solta e deixa seu fetiche falar mais alto. Não se reprima e sinta o ápice do tesão. Vai ser com certeza, uma experiência diferente e te levará aos mais variados caminhos do prazer.

Spartanas - Acompanhantes - Lorena Oliver

Meu Cunhadinho Louco Por Pés

Nunca imaginava que a Podolatria fosse algo tão fascinante na cabeça dos homens e esse fetiche é muito gostoso para nós Acompanhantes. Um relato da Spartana Lorena Oliver e seus lindos pés.

Sabe aqueles dias que você acorda e fica enrolando na cama pensando na vida, relembrando alguns momentos, então, aconteceu comigo isso hoje e eu vou contar pra vocês o que eu lembrei:

Eu tinha 17 anos e sempre fui uma garota vaidosa, sempre andei muito bem arrumada, bem vestida e muito cheirosa, e eu descobri nessa época que alguns homens reparam muito nos meus pezinhos, inclusive meu cunhado, que tinha 24 anos, ele sempre passava tempo lá em casa e acontecia de sempre ficarmos sozinhos, eu percebi que ele sentia muita atração por mim, quando eu estava em casa, gostava de me sentir muito à vontade com as minhas roupas, usava shortinhos curtos e top sempre, tem horas que gosto de me sentir bem vulgar, outros dias eu prefiro seduzir.

Teve um dia que o meu cunhado estava dormindo no colchão no quarto, ele estava sem camisa, e com um short bem marcado, e nesse dia eu estava com um tesão incontrolável, então, fui até ele e comecei a passar a mão por cima do short dele e percebi que ele estava meio acordado, comecei a beijar a barriga dele e fui descendo até o seu pau, nisso ele acordou já pronto, em ponto de bala e começamos a nos beijar, então meu cunhadinho me colocou no chão de perna aberta começou a me admirar com aquela cara de safado, depois disso ele começou a admirar os meus pés, minhas unhas estavam bem feitas, então ele começou a chupar os meus dedinhos e lamber os meus pezinhos, era uma sensação tão gostosa sentir a barba dele roçando nos meus pés.

Então ele pediu para eu bater punheta pra ele com os meus pezinhos, eu nunca tinha feito, eu abaixei os meus pés, coloquei o pau dele no meio e fui tocando uma punheta bem gostosa, e ele falava pra mim “vai mais rápido, pode chegar alguém em casa” então eu fui aumentando a velocidade até que veio aquele jato quente, de porra atingindo minhas pernas e minha barriga, então meu cunhado sussurrou no meu ouvido que eu era uma safada muito gostosa.

Meu cunhadinho louco por pés - Spartanas Acompanhantes SP

Depois desse dia nos encontramos mais algumas vezes e realizamos alguns outros fetiches que ele tinha.

Naquele dia eu aprendi que meus pezinhos branquinhos e pequenos, poderiam ser fetiches de muitos homens, hoje em dia eu adoro pisar nos caras, deixar eles tirarem minhas meias com a boca e lamber os meus pezinhos.

Já conhece a Lorena Oliver? Ela é uma ninfetinha toda branquinha de deixar qualquer um de pau duro.