spartanas-blog-hora-da-camgirl-josi-mancini-camerahot-

Hora da Camgirl: Josi Mancini

Linda, com corpasso e safada. A camgirl da semana é a Josi Mancini do CameraHot é verdadeiramente uma mulher completa. Quer conferir? A morena gostosa tira a roupa e posa de lingerie preta em um ensaio nos lençóis.

Mas, pera aí. Se acha que conhece o rosto (e os seios inconfundíveis), pode estar certo. A gata é conhecida por apresentar o quadro sexy GamePlay Papo18.

Agora saiba todos segredos e desejos dessa camgirl espetacular.

Josi Mancini do CameraHot

spartanas-blog-hora-da-camgirl-josi-mancini-camerahot-

Com 22 aninhos, a novinha sabe muito bem o que faz. Joga o cabelão escuro pro lado e sabe fazer os caras felizes como ninguém.

A Josi é mulherão mesmo, bundão, cinturinha e peitos enfeitados por uma tatuagem. O corpo bem distribuído nos 1,70m faz loucuras.

spartanas-blog-hora-da-camgirl-josi-mancini-camerahot-

Saiba tudo que ela contou na entrevista e o motivo dela se assumir submissa de primeira.

O que mais curte no fato de ser camgirl?

Josi Mancini: Gosto da parte que posso ser quem eu sou, uma puta de verdade na frente no chat do CameraHot.

Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

Josi Mancini: Muitas, me lembro de uma que o cara me deixou louca só dominando, gozei varias vezes.

spartanas-blog-hora-da-camgirl-josi-mancini-camerahot-

Que fetiches deseja realizar ainda no site?

Josi Mancini: Se me deixa louca de prazer, eu aceito. Vou topar qualquer coisa que me atice a curiosidade.

O que mudou na sua vida depois que se tornou camgirl?

Josi Mancini: Haha. Eu fico com muita vontade de entrar no site, não vejo a hora de me masturbar. Fico cheia de vontade de transar!

spartanas-blog-hora-da-camgirl-josi-mancini-camerahot-

O que o usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar um atendimento?

Josi Mancini: Prazer acima de tudo! Se o usuário tiver educação, conseguirá tudo que quer.

Acesse o CameraHot

Olooooco, Josi. Desse jeito não tem como negar, além de tirar a roupa no GamePlay Papo18, você sabe agradar muito mais.

Gostou né? Converse com a Josi Mancini no CameraHot, além de várias camgirls tão gostosas quanto.

Leia também

Hora da Camgirl: Sweet Lolla

Hora da Camgirl: Sweet Lolla

Se você quer uma gostosa safada, fetichista e ainda com papo bom – o Hora da Camgirl trouxe a certa. A Sweet Lolla do CameraHot é a definição de novinha que sabe usar o corpasso que tem da melhor forma.

Sweet Lolla do CameraHot

Hora da Camgirl: Sweet Lolla

Já viu, né? A calcinha até se perde no meio dessa bunda enorme, mas não tem como tirar o olho das coxonas e no peito durinho dessa gata.

Ela revelou na entrevista alguns dos fetiches mais proibidos que curte fazer e não só curte, como fica sem fôlego de tanto gozar e chegar ao orgasmo. Até porque, com a Sweet não é brincadeira mesmo.

Hora da Camgirl: Sweet Lolla

Quer saber tudo que ela faz nos chats do CameraHot? Veja as putarias que ela contou!

O que mais curte no fato de ser camgirl?

Sweet Lolla: Não ter nenhum tipo de limitação e principalmente o fato de poder ser uma verdadeira putinha, sem pudores ou receios do que irão pensar.

Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

Sweet Lolla: Já realizei algumas, mas a que arrancou um orgasmo de tirar o fôlego foi a de ser a “sobrinha do titio”. Puts! Só de lembrar do banho que o titio me deu e de como ele lavava a minha bucetinha e depois subia para os seios e mamava gostoso … Hmmmm já fico molhadinha.

Hora da Camgirl: Sweet Lolla

Que fetiches deseja realizar ainda no site?

Sweet Lolla: Adoro incestos por ser algo extremamente proibido. Gostaria de realizar mais fantasias como a mencionada anteriormente, me passando por uma menininha. Ou algo mais brutal que envolva submissão e afins.

Hora da Camgirl: Sweet Lolla

O que mudou na sua vida depois que se tornou camgirl?

Sweet Lolla: Poderia listar uma série de benefícios que o site me trouxe, mas prefiro deixar aqui apenas a parte que eu mais valorizo, SEXO! A foda ficou milhões de vezes mais gostosa, aproveito o rosto de menininha inocente para provocar o parceiro e deixar ele de pau duro em lugares impróprios rs, me divirto com a forma com que ele fica apavorado e com tesão ao mesmo tempo. Perdi totalmente a vergonha quando o assunto é provocar e meter, adoro ganhar tapas e que puxem o meu cabelo enquanto eu peço mais e mais.

Hora da Camgirl: Sweet Lolla

O que o usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar um atendimento?

Sweet Lolla: Pode encontrar desde uma mulher super séria a uma ninfetinha extremamente putinha, molhada e dona de um orgasmo maravilhoso. Irá depender do user, da intimidade e espaço que me dará.

Acesse o CameraHot

Tá a fim de conversar com a Sweet Lolla? Encontre ela agora e várias outras meninas no chat ao vivo do CameraHot!

Leia também

Camgirl Daynne do CameraHot loira sexo ao vivo fotos de enfermeira sexy loira peituda

Hora da Camgirl: Daynne

Uma loira com tara lá em cima sempre faz um estrago, mas a Daynne do CameraHot se destaca. Aliás, ela curte se gabar do quanto é “mulher tarada”. Então já sabe o que esperar.

Vestida de enfermeira, ela manda fotos exclusivas e conta as maiores putarias que já fez no universo das camgirls.

Hora da Camgirl: Daynne

Camgirl Daynne do CameraHot loira sexo ao vivo fotos de enfermeira sexy loira peituda

A safada da enfermaria tá dois anos nos chats do CameraHot, fazendo a felicidade dos usuários. E Daynne sente prazer mesmo em ser desejada e, com esse corpo, qualquer um fica babando.

Camgirl Daynne do CameraHot loira sexo ao vivo fotos de enfermeira sexy loira peituda

Ela é definição de gostosa, principalmente pra quem curte uma bunda e coxas enormes. E além de tudo, sempre leva companhia pras câmeras, seja o maridinho, um casal ou algumas amigas.

Quer saber mais dela? Saiba as histórias e os fetiches que esse mulherão já realizou por lá.

O que mais curte no fato de ser camgirl?

Daynne: Desde que entrei para o CameraHot aprendi e cresci muito. O que mais curto nisso tudo é saber que estou fazendo alguém feliz, seja pela boa conversa ou prazer (strip, fetiches ou sexta). Amo me exibir e saber que tem alguém me desejando, ser namoradinha virtual.

Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

Daynne: Já tive a oportunidade de realizar muitas fantasias sexuais. Uma delas foi trazer casal de amigos, aquela deliciosa troca de casal pra cam. Eu e ela tivemos vários orgasmos durante o oral. Eu e meu esposo realizamos muitas fantasias, além de óleo no corpo, anal e sexo no banho.

Camgirl Daynne do CameraHot loira sexo ao vivo fotos de enfermeira sexy loira peituda

Que fetiches deseja realizar ainda no site?

Daynne: Tem vários fetiches que ainda quero realizar. Fazer sexo com três mulheres chegando a múltiplos ogasmo. Queria também fazer com meu marido e um negão bem dotado, me judiando muito em todas posições. Me enchendo de porra em todos lugares. Algemas, chantilly, morango, muita coisa!

O que mudou na sua vida depois que se tornou camgirl?

Daynne: Com certeza, me tornei camgirl e fiquei 100 vezes mais safada. Me tornei uma pessoa tarada, com outros prazeres e fetiches. No CameraHot me descobri como pessoa e mulher.

Camgirl Daynne do CameraHot loira sexo ao vivo fotos de enfermeira sexy loira peituda

O que o usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar um atendimento?

Daynne: O usuário vai encontrar uma mulher sedutora, gentil, simpática, tarada e, claro, com um bom papo. Adoro fazer strip tease e conduzir ele. Não curto nada com pressa. Bom é apreciar o momento para chegar ao orgasmo juntinhos, curtir cada minuto.

Acesse o CameraHot

Curtiu? Agora pensa aproveitar a Daynne nos chats? Então, corre encontrar ela e várias meninas ao vivo no CameraHot!

Leia também

blog hora da camgirl lady bel

Hora da Camgirl: Lady Bel

E aí, Spartano! Temos uma nova camgirl quentinha pra saborear, hoje é dia da Lady Bel do CameraHot. A gostosa colocou orelhinhas e se lambuzou toda de chocolate. Confira as fotos exclusivas!

Lady Bel, a gostosa de franjinha

blog hora da camgirl lady bel

Dona de uma bunda espetacular, a Lady Bel tirou umas fotinhos de Páscoa de ficar maluco. Aliás chupando o dedinho doce desse jeito, como não ficar?

A gata de 30 anos é experiente na cama e no mundo das câmeras também. Desde 2017 curte realizar as fantasias mais proibidas dos caras, principalmente quando o assunto é dominador e submissa.

blog hora da camgirl lady bel

Quer saber mais sobre esse mulherão? Veja os segredos que ela contou pra gente.

O que mais curte no fato de ser camgirl?

A interação com os usuários, conhecer novas pessoas. Todas as suas vontades mais ocultas, isso me fascina.

blog hora da camgirl lady bel

Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

Podolatria, submissão, corninho e me exibir em locais abertos.

Que fetiches deseja realizar ainda no site?

Um ménage bem animado, fico molhadinha só de pensar!

blog hora da camgirl lady bel

O que mudou na sua vida depois que se tornou camgirl?

Fiquei mais livre ainda de pudores, mais segura e principalmente mais paciente.

O que o usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar um atendimento?

Pode esperar uma pessoa educada, sempre bem humorada e disposta a tornar o dia de quem me assiste mais prazeroso.

Acesse o CameraHot

Curtiu a novinha? Você pode encontrar a Kristen no CameraHot online, além de várias outras meninas tão gostosas quanto.

Leia também

Hora da Camgirl: Kristen do CameraHot

Hora da Camgirl: Kristen do CameraHot

Fala, Spartano! Hoje é dia de conhecer mais uma camgirl putinha, super safada e gostosa… sim, conheça a Kristen do CameraHot. A gostosa com cara de nerd tem uma bunda de bater palma e muita punheta. Veja as fotos exclusivas da novinha.

Kristen, cara de nerd no CameraHot

Hora da Camgirl: Kristen do CameraHot

As luzes de menininha, as tatuagens no corpo, o cabelo curto e pintado – tudo isso é fachada. Kristen gosta mesmo é de ser desejada como mulher, mostrando os peitinhos pequenos e brincando com essa buceta carnuda.

Hora da Camgirl: Kristen do CameraHot

Feticheira não tem limite quando quer fazer o cara esquecer o dia pesado. Ela diz que fica molhadinha quando é submissa e que ainda quer fazer transmissão em um lugar público.

Quer saber mais dessa gata? Veja tudo que a branquelinha contou.

O que mais curte no fato de ser camgirl?

Nossa tanta coisa…  Mas o principal é sentir que posso ajudar as pessoas. Eu adoro quem entra na minha sala e, no final, fala que tornei o dia dele mais especial, sabe? Que o dia tava tão difícil, mas com alguns minutos em minha sala conseguiu se entregar e esquecer de todo e qualquer problema! Essa é a minha intenção…

Hora da Camgirl: Kristen do CameraHot

Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

Eu já realizei chuva dourada, podolatria, BDSM, Asfixiofilia, Smoke Fetiche, Fisting, Voyeurismo. Mas adoro historinhas também, por exemplo, gosto de fingir que sou sua secretária… Entre outros (risos). Mas sem dúvida a submissão é o que mais me faz ficar molhadinha!

Hora da Camgirl: Kristen do CameraHot

Que fetiches deseja realizar ainda no site?

Exibicionismo em um lugar público e, é claro, com tudo transmitido! Talvez eu faça em um parque ou na praia, já imaginou?

O que mudou na sua vida depois que se tornou camgirl?

Me redescobri! Minha mentalidade mudou bastante. Hoje me considero uma pessoa totalmente mente aberta capaz de conversar sobre diversos tipos de assunto, novas sensações e novos sentimentos. Tornei-me mais confiante, aprendi a amar até os meus defeitos. Hoje eu sei o poder que tenho…

Hora da Camgirl: Kristen do CameraHot

O que o usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar um atendimento?

Uma jovem mulher muito simpática e disposta a te fazer esquecer do tempo. Caso queira uma mulher cheia de tesão se tocando (e fazendo outras coisas), não vai se arrepender nem um pouco. Intensidade, essa é a palavra! Me conte seus desejos que eu me entrego em suas mãos. Vai me olhar e vai me sentir!

Acesse o CameraHot

Curtiu a novinha? Você pode encontrar a Kristen no CameraHot online, além de várias outras meninas tão gostosas quanto.

Leia também

camerahot babuh ruivinha

Hora da Camgirl Babuh Ruivinha do CameraHot

Com fogo da cabeça aos pés, as ruivas são preferidas de muitos caras. Entre o seleto grupo de gostosas, a Babuh Ruivinha do CameraHot se destaca com toda vontade de uma putaria cosmopolita.

 

Então, cola nessa pele avermelhadinha com as fotos exclusivas e nos segredos que ela contou.

CAMGIRL DO CAMERAHOT: BABUH RUIVINHA

 

 

A novinha de 23 anos tem rosto delicado, mas os olhos de mel e a pepeca cor de cobre não mentem quanto é safada. Tá ligado aquela história de “carpê combina com a cortina”? Babuh é a prova viva disso!

 

Bem pimentinha, ela também separou algumas fotos na cozinha e na sala para acompanhar a entrevista. Provocando assim ela acaba levando ali na mesa mesmo.

 

 

O que mais curte de fato de ser Camgirl?

 

Eu amo a ideia de conhecer pessoas novas, culturas, gostos, fetiches, diferentes. Adoro essa sensação de putaria cosmopolita. A ideia de todo dia ter uma pessoa nova, diferente, expande sua imaginação. Me excita demais. Só consigo realizar isso sendo uma camgirl. Cada dia que estou online sinto um frio na barriga enorme, quem será vai aparecer lá? As histórias que vou ouvir, os fetiches que vou conhecer. Adoro conversar sobre futebol, cerveja, tatuagens, motos e putarias. É realmente delicioso tudo.

 

O que mudou na sua vida depois que se tornou Camgirl?

 

Principalmente a aceitar e entender o desejo e o tesão de cada um. Aceito e entendo todos os desejos sem preconceito algum. Tem muita gente que chega em mim e diz: Olha, Babuh, eu tenho tesão em uma coisa, me sinto um louco porque acho que ninguém pira nisso. Mas posso dizer com toda certeza que não há no mundo algo que seja considerado como louco, anormal. Entendo muito que cada corpo e cabeça, funciona de formas diferente. O que pode ser totalmente bizarro pra uns, pra mim é super normal. Hoje em dia não tenho mais pudores ou limites.

 

 

Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

 

Olha, foram várias! Algumas que eu jamais pensei em passar pela minha cabeça! Tanto minhas como dos usuários. Muitos deles tem fetiche em comer a namorada ou a esposa enquanto eu olho e me masturbo. Descobri que isso me dá muito tesão! Por ter um lado BEM passiva nunca imaginei que ia curtir tanto inversão. São histórias gostosas que dariam ótimos contos eróticos, como em uma sexta a noite que quatro homens entraram no chat. Eram amigos com seus 20 e poucos anos, tavam todos bêbados e eu fiquei louca. Me imaginei curtindo com eles, trepando em um bacanal delicioso. Super recomendo, meninos!

 

Que fetiches deseja realizar ainda no site?

Ainda não fiz nenhum GoldShow no CameraHot, queria alguém na minha cidade para realizar um show duplo e bem gostoso. Sou bi e me fantasio sempre com algumas camgirls do site, realizar isso seria incrível. Vocês têm alguma sugestão? Estou aceitando. (kkkkk)

 

 

O que um usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar atendimento?

 

Que com toda certeza ele vai ter muito prazer, porque meu tesão é dar prazer. Gosto de analisar, de sentir, de entender a pessoa que está ali. É como se fosse um chamado pro prazer. A pessoa tivesse me chamando pra ter uma experiência deliciosa e olha que nem sempre falamos de sexo, mas de sentir prazer mesmo Tenho certeza que faço da melhor forma para que a pessoa sempre retorne, seja pra uma rapidinha, apenas uma conversa, ou pra gozar muito de ficar tremendo. (KKK) De qualquer forma, não irá se arrepender!

 

 

Quer ter essa novinha? Só encontrar a Babuh Ruivinha no CameraHot, além de muitas outras como a Camilinha e Jillian que já mostramos aqui.

 

Hora da Camgirl: Jillian

Hora da Camgirl: Jillian

Se curtiu o Hora da Camgirl com Camilinha e Manuela Sweet, a novinha dessa semana vai te deixar tão louco quanto. O CameraHot deixou a Jillian prontinha para o Spartanas, a moreninha do bocão que já é experiente na arte de se mostrar pra câmera.

Ela que arranca os comentários dos usuários como uma verdadeira feiticeira, tem seus grandes méritos. Conheça as maiores safadezas dela com entrevista e as fotos mais quentes.

Camgirl do CameraHot: Jillian

Com boca carnuda de deixar qualquer um maluco, Jillian com seus 19 anos tem fogo de sobra. Mesmo com toda essa carinha de anjo, com certeza, o que ganha os caras é o rabo de diabinha.

As tatuagens espalhadas pelo corpo todo é o trunfo que ela adora exibir, além de adorar realizar o fetiche de quem quer que entre na sala. Com óculos caidinho ela vai te atender com todo carinho.

O que a Jillian se gaba mesmo é do talento no oral, “já paguei boquetes tão hard daqueles de não aguentar mais, se é que me entende”. Única coisa que ela pede em troca é a boa jatada de leite.

Aproveitou as fotos? Então confere agora tudo que ela contou na entrevista e saiba o que a gostosa vai adorar em uma mensagem.

O que mais curte no fato de ser camgirl?

Acho que o que eu mais curto é a ideia de saber que do outro lado da telinha tem um safado se acabando na punheta pra mim, isso me deixa doida.

– Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

Palmadas, já fui escravinha, já fui de mamãe à professora. Várias vezes fui aquela safada traindo o corninho. Foram uma delicinha todas, só de lembrar fico inteira molhada.

– Que fetiches deseja realizar ainda no site?

Os homens do chat ainda vão me surpreender muito e eu adoro. Fico já esperando no CameraHot o que eles querem. Sempre que estou longe conto as horas pra voltar pra putaria e meus safadinhos.

– O que mudou na sua vida depois que se tornou camgirl?

Depois que comecei a me exibir, encontrei uma nova Jillian. Com o site pude libertar tudo que estava escondidinho aqui, estou mais realizada e satisfeita comigo mesma. Minha vida sexual melhorou mil vezes, então estou com o corpo levinho de tanto gozar. Vai muito além de apenas um trabalho, é um empoderamento total!

– O que o usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar um atendimento?

Os usuários devem esperar uma menina gentil, simpática e muito safadinha. Já venham preparados pra gozar muito, porque a menina aqui toma MUITO leite.

Imagine curtir com essa menininha em um dos chats, então encontra logo a Jillian no CameraHot.

Camilinha Camgirl CameraHot

Hora da Camgirl: Camilinha

Mais conhecida como “uma novinha pra chamar de sua”, Camilinha é uma loira de corpo todinho natural e super safada que aparece por aqui na série que te apresentamos algumas das camgirls do CameraHot.

Na semana passada você teve a honra de conhecer um pouquinho mais da Manuela Sweet, uma morena dona de peitos maravilhosos e um quadril lindo, e hoje a gata da vez vai te surpreender ainda mais.

Quer saber mais sobre essa camgirl? O que ela curte fazer na webcam, quais fantasias e fetiches vocês podem realizar juntinhos? Vem com a gente!

Camgirl do CameraHot: Camilinha

Com nada mais nada menos que 1,60 de altura, essa gata de 25 anos com carinha de 15 tem uma libido que a faz subir pelas paredes e você pode curtir de pertinho o corpo todo natural, peitinhos bicudinhos que cabem nas mãos e o jeitinho de ninfeta toda inocente, mas muito safada.

Camilinha Camgirl CameraHot

Essa camgirl é daquelas que amam sexo e está prontinha para diversas aventuras quando o assunto é putaria virtual, então, não basta ser gata e ter todo o jeitinho de princesa, ela é pra lá de tarada quando a brincadeira rola com um bom papo e você com certeza não vai se arrepender!

Perguntamos a essa gata o que a fez ser camgirl e o que mudou na vida dela depois que entrou no CameraHot e você vai se surpreender com a resposta.

Ela agora se sente livre e muito mais confiante, dá pra acreditar? Uma gata dessas… Ela continua, “Não tenho inibições mais. Pra mim é natural, ver a mulher que eu sou na webcam me empodera, até porque não existe sensação melhor do que se ver através dos olhos de um homem que te deseja, você simplesmente despida, entregue e sem vergonha.”, finaliza Camilinha.

Camilinha Camgirl CameraHot

Deu pra perceber que não é só com um corpo gostosinho que essa camgirl tem, né. Imagine então que tipo de brincadeiras vocês não vão realizar em um chat privado no CameraHot?

Venha ver então outras perguntas que fizemos pra ela e descubra se a Camilinha realiza os fetiches que você curte!

– Quais fantasias sexuais você já realizou no CameraHot?

Ixe, já fiz muito sadomasoquismo, aquele strip-tease e inversão… e confesso que esse último aí eu adorei!

– Quais fetiches deseja realizar ainda no site?

Eu gostaria e muito a oportunidade de fazer um ménage, sim! Além disso, fazer sexo na webcam com outra mulher e ter dois homens me olhando do outro lado da cam enquanto me masturbo.

Camilinha Camgirl CameraHot

– O que mudou na sua vida depois que se tornou camgirl?

Mudou totalmente, me sinto uma uma mulher completamente realizada e muito desejada com muito mais liberdade. Me senti atraída pelo mundo virtual, mas depois que me tornei camgirl não consigo mais viver sem esse mundo de prazeres infinitos.

– O que o usuário pode esperar quando entrar em sua sala e fechar um atendimento?  

Uma menina mulher toda safada e cheia de amor para dar! Amo experiências novas, gosto de surpreender, gosto de me sentir a caça só para ter o prazer de vê-lo me prender e fazer o que quiser, mas gosto de ser caçadora também! Adoro quando me deixam guiar as coisas tornando nosso momento bem picante, gosto de usar fantasias, interpretar historinhas e personagens, porque adoro mexer com a sua imaginação. Quero que sinta a melhor sensação e que seja mais do que só prazer, proporcionando uma experiência única e prazerosa para nós dois.

Camilinha Camgirl CameraHot

Quer brincar com essa gata? É só correr pro CameraHot procurar pela Camilinha pra uma brincadeira bem safada!

Putaria de Carnaval

Carnaval é a melhor época do ano, ainda mais por me trazer lembranças maravilhosas.

O carnaval de 2010 foi o mais inesquecível da minha vida, pois nele tive o prazer de participar de uma suruba bem gostosa, com 5 mulheres gatas que eu jamais imaginei que um dia comeria.

Era época de carnaval e eu estava bastante desanimado, pois havia levado um fora da minha ex noiva. Estava bem pra baixo e já havia decidido que não curtiria o carnaval, ficaria em casa, bebendo todas e sofrendo pela ex.

Um dos meus amigos, vendo toda aquela minha chateação, resolveu vir na minha casa e me convenceu a ir em uma social na casa de um colega de trabalho dele. Depois de muito insistir, ele conseguiu me convencer a ir.

Chegamos na mansão do cara, um lugar lindo, piscina, muita bebida e várias mulheres lindas.

Peguei meu copo de bebida e fui para o sofá. Apesar de estar em um lugar bacana, eu ainda estava pensando na minha ex e a tristeza ainda tomava conta de mim.

Meu amigo já estava super enturmado, pegando uma morena bem gostosa e eu não conseguia sequer partir para o ataque.

Só que na verdade, isso iria acontecer naturalmente.

Continuei sentado no sofá, até que uma loira linda, pequenininha, bem gostosa veio sentar ao meu lado.

Ela percebeu que eu estava meio isolado e já veio puxando assunto:

  • O que você está fazendo sozinho nesse sofá em pleno carnaval? Borá curtir a piscina comigo.
  • Poxa gatinha, desculpa. Mas eu não to muito no clima não. Vou continuar aqui, bebendo.
  • Bom, já que não quer ir pra piscina, que tal ir pra algum lugar mais reservado comigo?

Naquela hora, parece que foi instantâneo. A tristeza passou e tudo o que eu conseguia ver era aquela putinha gostosa praticamente implorando pra ser comida por mim. Nada melhor que esquecer a ex comendo uma mais gostosa e mais bonita.

Não pensei duas vezes e é claro, aceitei o convite.

Subimos para um dos quartos. A loirinha trancou a porta e já veio me chupando. Que boquete maravilhoso. Ela lambia meu pau como se estivesse chupando um pirulito. Chupava com uma vontade tão grande, com uma carinha de safada, que por varias vezes me controlei pra não gozar naquela boquinha gostosa. Estávamos na maior putaria, quando começamos a ouvir alguém bater na porta:

Festa no quarto numa festinha de Carnaval

  • Amiga?? Amiga, você está aí? Se tiver, abre a porta pra gente entrar.

A loirinha levantou depressa, me olhou com cara de tarada e disse:

  • Nossa festinha vai ficar ainda melhor.

Estava eu sem entender nada, até que ela abre a porta e mais quatro amigas entram no quarto, estavam com o meu amigo junto.

Uma das meninas jogou meu amigo do meu lado e começou a chupar ele. A loira que estava comigo começou a beijar uma amiga dela, enquanto outra caiu de boca no meu pau. Eu com certeza estava no paraíso.

Beijo entre a loira e amiga no carvanal

Olhei pro meu amigo e ele estava traçando a loira de quatro, enquanto outras três imploravam para serem comidas também. Fizemos um verdadeiro rodízio de mulheres, passamos horas trancados naquele quarto comendo bem forte aquelas cinco delícias. Eram como se fossem Acompanhantes de Luxo, tipo do site Spartanas, um verdadeiro sonho!

Perdi as contas de quantas vezes gozei na boquinha e na bunda daquelas putas.

Só me dei conta de que passamos muito tempo lá dentro, quando olhei para fora e já estava escuro. Quanto mais eu transava, mais eu queria meter naquelas safadas.

Só de lembrar daquela suruba maravilhosa, meu pau fica duro.

Fiquei ainda por um tempo com a loirinha que comecei comendo, ela tinha um fogo incontrolável. Só ela valia por todas as outras quatro. Ela me dava em tudo que era lugar e de toda forma possível.

Nunca mais sofri pela minha ex depois que conheci aquela loira gostosa. Lembrar dela me dá muito tesão.

Aquele com certeza foi o carnaval mais inesquecível da minha vida. Sempre que chega essa época do ano, eu lembro da cara daquelas putinhas gemendo, implorando para levarem pica.

Fiquei um tempinho comendo a loira, mas depois cada um seguiu seu rumo. Mas com certeza, sempre que chega o carnaval eu me lembro dela e das amiguinhas dela. Com certeza, eu só tenho motivos bons pra amar esse feriado.

Um Natal Diferente!

Natal é uma época do ano que me traz diversas lembranças boas, em especial o Natal de 2005, quando tinha 18 anos e transei com a minha tia. Bom, era pra ser mais um típico natal em família. Minha mãe estava o dia inteiro se aprontando, fazendo aquelas comidas maravilhosas, minhas tias todas ocupadas também e eu só esperando a hora de poder comer todas aquelas delícias. Mal sabia eu que a delícia que eu comeria seria outra.

Eu tenho uma tia que é apenas 3 anos mais velha que eu. Fomos criados juntos, como se fôssemos irmãos. Ela nunca foi uma criança muito bonita, mas isso mudou depois que ela cresceu. Ela havia se tornado uma morena espetacular. Cabelo preto bem grande, seios fartos, bunda redondinha e um jeitinho de safada que deixava qualquer marmanjo desconcertado. Família pronta, fomos para a casa de uma das minhas tias. Essa minha tia novinha e gostosinha já estava lá e não tinha quem não reparasse nela. Ela estava com um vestido preto bem justo, que realçava bastante aqueles peitões gigantes que ela tinha e deixava a bunda dela maior do que já era. Aquela mulher era um tesão, me deixava maluco, mas era a minha tia, então eu tinha que me controlar. Durante a ceia com a família, notei que ela me olhava bastante. Aquele olhar de quem quer algo, mas não sabe exatamente como pedir. Continuei comendo, olhando para ela e tentando disfarçar todo aquele tesão que ela me despertava. Depois da ceia, toda a família foi para a varanda, conversar, ver a queima de fogos e trocar presentes. Eu estava meio cansado e disse que ia para o quarto de um dos meus primos descansar.

Quando estava deitado na cama a porta abriu. E pra minha surpresa, era a minha tia gostosinha, que já estava de camisolinha, pois ela dormiria por ali aquela noite. Ela deitou na cama do lado e eu tentando disfarçar meu pau que já estava bem duro. Aquela camisola realçava bastante o corpo dela e ao mesmo tempo que ela demonstrava aquele jeito de menininha que só ela tinha, ela tinha um olhar de mulher safada e sedenta que me deixava maluco.

Enquanto estávamos lá, a família inteira estava na sala, sem ao menos se preocupar com a nossa existência. Isso me deixava ainda mais excitado, mas continuava me controlando, afinal, ela era a minha tia e eu precisava manter meus instintos masculinos guardados para mim.

Ela deitada na cama, me perguntou se eu estava com frio. Eu disse que sim e no mesmo instante ela se levantou e veio em minha direção. Trancou a porta e veio deitar do meu lado. Naquele momento, eu pude perceber toda a maldade dela.

  • Estou com frio também meu sobrinho lindo. A tia vai deitar aqui do seu ladinho, tá bom?

Ela se deitou do meu lado e eu senti o corpo dela se moldar ao meu. Ela colocou meu braço envolta do meu corpo e empinou bastante a bunda, roçando ela no meu pau, que aquela altura do campeonato já não dava mais pra tentar disfarçar. Nesse momento, ela começou a dar leves reboladas, estava gostando de sentir meu pau duro encostando na sua bunda.

  • Tia, sou homem, se você continuar deitada assim, não vou conseguir controlar meu pau, ele vai ficar duro.
  • Nossa, que delicia.

E nisso, ela pegou minha mão e levou em direção a bucetinha dela que já estava toda molhadinha. Coloquei minha mão por dentro da calcinha dela e comecei a sentir aquela buceta bem molhada, enfiei o dedo e aquela safada estava se contorcendo de tesão. Passou a mão dentro da minha cueca e começou a alisar meu pau de um jeito bem safado e gostoso. Fui tirando a calcinha dela e esfregando meu pau naquela bunda maravilhosa, enquanto apertava aqueles peitos gostosos. A danada começou a gemer baixinho. O medo de ser pego por alguém era grande, mas ao mesmo tempo tão excitante que não dava pra controlar. Enfiei meu pau na bucetinha dela, que não aguentou e soltou um pequeno grito. Eu estocava meu pau naquela gostosa e ela me pedindo mais.

Coloquei ela de quatro e aquela visão maravilhosa me deixava maluco. Como pode minha tia ser tão gostosa assim? Eu nunca havia comido uma mulher tão cheia de fogo como ela. Aposto que nem a garota de programa mais cara, faria algo parecido como ela. Ela rebolava tão gostoso no meu pau que por diversas vezes, eu esquecia que era Natal e a família inteira estava ali perto de nós. Poderíamos ser pegos e pensar nisso me deixava mais excitado e com mais vontade de fuder ela. Ficamos nesse sexo gostoso por mais ou menos uns 40 minutos. Depois que gozei muito na boquinha daquela gostosa, resolvi me levantar e ir fazer sala com os familiares. Ninguém desconfiado, todos entretidos com as luzes natalinas.

Metendo na tia durante a festa de natal

Nunca me esqueço daquele Natal. Depois disso, comi minha titia gostosa por diversas vezes ainda e hoje em dia, sempre que temos oportunidade, paramos pra relembrar aquele sexo gostoso que fazíamos com mais frequência. Com certeza, eu nunca tive um Natal tão gostoso, proibido e excitante como aquele. Valeu passar o risco de ser pego, só pra comer a minha tia gostosa.